compositor, pianista, teórico musical



28.

Lampião no Inferno (2003)

para quatro percussionistas.

Eu nunca mesmo tive a intenção de ser um compositor “brasileiro”, mesmo que eu seja, em realidade, brasileiro, e ainda um descendente direto da Escola Nacionalista Brasileira. Como estudei com discípulos de músicos nacionalistas tais como Fructuoso Vianna e Camargo Guarnieri, eu sou, de certo modo, neto deles. Mas eu nunca fui naquela direção, a direção do Nacional, quero dizer. Ainda assim, eu conheço bastante da Música Brasileira, popular, erudita, folclore. E o que é meu é meu e neste respeito eu faço o que bem entender. OK, é dito que músicos brasileiros gostam de ritmo. Oras… que raios. Números gigantes de pecados têm sido cometidos a este respeito mas, honestamente, quando a questão é pura e descarada “saudade de casa”, quem se preocupa com estereótipos? O que “está na gente”, oras, “está na gente”, e eu não poderia dar a mínima. E assim alegremente saí colecionando Maracatus, Cocos, Baiões, Xaxados, Frevos, danças nordestinas brasileiras, para variar. Eu cozinhei-as todas dentro de uma enorme frigideira, exagerando suas fisionomias, destilando de seus perfis algum tipo de essência, de hipérbole de seus tratos mais característicos. O que mais posso dizer? Sabe, às vezes apenas quero me divertir e dançar como um louco, com um chapéu de cangaceiro, um facão e uma risada na cara, audaz como o bandido Lampião da estória popular em que ele bate na porta do Inferno prometendo destruir e atear tudo em fogo se o porteiro não cumprir seu desejo de ir falar com “o chefe”.
Oras, talvez não assim tão dramaticamente, mas … sim.



partitura: gravação:

The SO Percussion Quartet


Lampeão disse: — Vá logo
Quem conversa perde hora
Vá depressa e volte logo
Eu quero pouca demora
Se não me derem o ingresso
Eu viro tudo asavesso
Toco fogo e vou embora.
(José Pacheco: A Chegada de Lampião no Inferno)

(viewed 942 times)
© Copyright 2019 by Marcus Alessi Bittencourt. All rights reserved.
Warning: Unauthorized reproduction or commercial use of all contents of this site is prohibited by Law and subject to criminal prosecution.